NOTÍCIAS

Comunidade Portuária de Aveiro quer ligação ferroviária Aveiro-Salamanca

O Presidente da Comunidade Portuária de Aveiro acredita que a criação de um terminal de contentores será uma etapa decisiva para manter os níveis de crescimento do Porto, e a ligação ferroviária Aveiro–Salamanca uma aposta para colocar Portugal nos trilhos europeus no transporte de mercadorias.

Nuno Pires defende que a ligação dedicada é um investimento que deve ser preparado o quanto antes sob pena do país perder competitividade. Lembra que mais de 70% das exportações estão no centro e norte de Portugal e que as redes europeias valorizam a eficácia e a redução de custos.

Perder esta ligação é perder esse comboio que vai acelerar também em nome da proteção ambiental com penalização do transporte rodoviário.

Administrador do grupo Ferpinta, Nuno Pires afirma que não sabe porque razão não está essa ligação entre as prioridades políticas do país. Em entrevista ao programa “Conversas”, admite que talvez seja a questão financeira a determinar as apostas (com áudio)

Nuno Pires admite que a melhoria de acessibilidades marítimas e ferroviárias é, em si, uma etapa, a que se junta o futuro terminal de contentores. A criação de uma nova valência na zona de atividades logísticas é um trunfo que vai tornar o porto de Aveiro num dos mais ecléticos do país.

A chegada de um novo rebocador promete melhorar a capacidade operacional do Porto de Aveiro. O presidente da comunidade portuária assume tratar-se de um investimento relevante.

PARA OUVIR AQUI